quarta-feira, 7 de setembro de 2011

RESUMO DE ESTAGIO SUPERVISIONADO I

Passar pelo estágio supervisionado é obrigatório para alunos de curso superior e tem o objetivo de preparar o aluno para os desafios da profissão. As experiências dessa etapa definem o perfil do profissional e sempre ocorre nos últimos semestres do curso.
Para alunos do curso de pedagogia, é indispensável ter contato com alunos em sala de aula, conviver com professores de educação infantil, cumprir carga horária, aprender técnicas, adotar posição para o ensino e conhecer os alunos. Quando o estágio é na área de pedagogia, esse futuro profissional deve combinar conteúdo e técnica para desenvolver suas competências, tentar colocar em prática o que aprendeu no decorrer do curso.
A primeira etapa é definida como observação. O estagiário observará os aspectos físicos, administrativos e pedagógicos da escola, incluindo o acompanhamento da sala de aula.
Na segunda etapa, elabora plano de aula e escolhe o material de apoio.
Na terceira etapa, auxilia o professor titular.
O Relatório deverá ter uma estrutura formal, todas as partes devem ser trabalhadas especificamente como: Espaçamento, formatação e alinhamento bem definidos de acordo com as normas. A observância desses requisitos demonstrará a habilidade do novo profissional, caso contrário, deverá reprovado pelo seu avaliador.
O planejamento deve ser organizado e bem redigido. Além das características da identificação, deve ter objetivo com resultados previamente determinados, conteúdos temáticos, estratégias que facilitem a aprendizagem, avaliação contínua e final, cronograma bem distribuído, bibliografia oficial e a complementar.
A prática de ensino amadurece os conceitos, competências e vivências e culmina no trabalho de conclusão de curso, tem seus princípios e faz emergir implementações. Educação e ensino tem sido sinônimas ao longo da história. A didática contribui para o aperfeiçoamento do profissional docente. Os métodos e técnicas utilizados pelo professor devem orientar aprendizagem obedecendo os princípios de ensino. O método deve ser determinado de acordo com o conteúdo e o objetivo.As atividades especiais são consideradas complementares, como por exemplo, estudo do meio, que são as visitas e excursões. Os meios de ensino devem ser mais do que os da sala de aula. A organização do ensino visa propiciar a assimilação ativa de conhecimentos e habilidades pelos alunos. A experiência de cada professor fará com que possibilite o desenvolvimento das capacidades de seus alunos e para isso escolhe o tipo de aula mais adequado. A avaliação visa determinar a relação entre objetivos e resultados através da verificação e qualificação dos resultados obtidos. A prova ainda é o principal instrumento de verificação do rendimento, mas também pode-se proceder a observação e a entrevista. O planejamento educacional é um recurso de organização, tem objetivos e requisitos definidos. O planejamento curricular deve favorecer a aprendizagem e o desenvolvimento das capacidades dos alunos. O planejamento de ensino propõe tornar o ensino seguro, por isso o professor deve selecionar e organizar os conteúdos para alcançar mudança de comportamento de seus alunos. A formulação de objetivos e conteúdos visam capacitar o professor e auxiliar o aluno. A relação ensino/aprendizagem é recíproca e beneficia ambas as partes.
O professor é apenas estimulador e mediador do conhecimento, o aluno é prospectador do resultado pretendido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mensagem chegando